2017830Autoeuropa

Na reunião de ontem, na Marinha Grande, a Direcção Nacional da Fiequimetal aprovou uma saudação à luta dos trabalhadores, destacando o caso da Volkswagen Autoeuropa e a greve histórica de 30 de Agosto e apelando a que todos se organizem e mobilizem para derrotar a ofensiva patronal que visa desregular os horários de trabalho.
22.9.2017



- Saudação à luta dos trabalhadores organizados nos sindicatos da Fiequimetal (ficheiro pdf)

Saudação à luta dos trabalhadores
organizados nos sindicatos da Fiequimetal

A Direcção Nacional da Fiequimetal, reunida no dia 21 de Setembro de 2017, ao apreciar a situação laboral e social nos sectores representados pelos seus sindicatos filiados, saúda todos os trabalhadores que nos últimos tempos têm dado combate à intenção do patronato de agravar e desregular os horários de trabalho e têm lutado pela defesa dos direitos que emanam da contratação colectiva e pela melhoria das condições de vida e trabalho.

A Direcção Nacional enaltece a coragem e determinação dos trabalhadores das empresas Volkswagen Autoeuropa, Petrogal, Hanon, CelCat, Cabelte, Águas do Tejo e Atlântico, bem como a marcação de luta nas minas de Neves-Corvo.

São lutas de uma grande importância, designadamente a que ocorreu no passado dia 30, na Autoeuropa. Esta foi uma greve histórica, que traduziu uma clara e inequívoca posição dos trabalhadores contra a tentativa daquela administração de impor que o sábado seja um dia normal de trabalho.

A unidade e a determinação dos trabalhadores da Autoeuropa demonstram que não existem inevitabilidades e que é possível travar as pretensões dos patrões de aumentar a exploração, dispondo do tempo que pertence aos trabalhadores, necessário para a sua vida familiar e pessoal, importante para prevenir o surgimento de doenças profissionais e o aumento do absentismo.

Os trabalhadores da Autoeuropa, com a sua luta, demonstraram ser possível derrotar a tentativa do patronato de impor o agravamento dos horários, com a obrigatoriedade do trabalho ao sábado e outras formas de desregulação dos horários.

Apelamos aos trabalhadores das empresas fornecedoras da Volkswagen Autoeuropa e de todas as outras empresas dos restantes sectores da indústria do âmbito da Fiequimetal, para que se mobilizem e de modo organizado, nos nossos sindicatos, encontrem as formas de acção mais eficazes para derrotar tais pretensões patronais.

Marinha Grande, 21 de Setembro de 2017
A Direcção Nacional


Ver também:
- Greves na indústria vão até 30 de Agosto (26.7.2017)
- Luta segue com mais força após a greve na AdTA (15.8.2017)
- A justa luta dos trabalhadores na Hanon deu resultados (12.9.2017)
- Abordados investimentos na reunião da Autoeuropa (14.9.2017)
- Convocadas greves na Somincor e na CelCat (18.9.2017)