20180511TegopiFaz hoje uma semana que os trabalhadores da Tegopi realizam todos os dias greves de uma hora por turno, com concentrações à porta da empresa, em Vilar do Paraíso (Vila Nova de Gaia). A par de aumentos salariais, exigem o fim da disparidade salarial.
18.5.2018



O SITE Norte indicou ontem que a luta tem uma adesão média de cerca de 90 por cento, no sector produtivo.

Iniciada na passada sexta-feira, dia 11, no primeiro turno, a greve tem mostrado que os trabalhadores da Tegopi continuam firmes e decididos na defesa do seu caderno reivindicativo.

Hoje, mais uma vez, vão estar em greve à porta da empresa entre as 13 e as 15 horas. Ali estarão também o coordenador da União de Sindicatos do Porto e o coordenador do SITE Norte.

Accionado o pré-aviso

O pré-aviso de greve previa o início das paralisações a 17 de Abril, mas os trabalhadores atenderam a um compromisso da empresa para negociar a actualização salarial. Perante o valor insuficiente da proposta patronal (dois por cento) e o facto de não responder à eliminação de disparidades e injustiças na remuneração de trabalhadores com funções idênticas, foi decidido entrar em greve a partir de 11 de Maio, sem data definida para terminar a luta.

 

Ver também:
- Dezenas de trabalhadores da Tegopi manifestam-se em Gaia... (12.5.2018, Porto Canal)
- Unidos e em greve na Tegopi por aumentos salariais e justiça (17.5.2018, Avante!)
- Nota do SITE Norte à comunicação social, com contactos para declarações

 

Imagens dos dias em luta