20191010EncontroJuventudeIgualdadeCerca de uma centena de dirigentes e delegados sindicais debateu a grave discriminação que atinge as mulheres e os jovens nos sectores abrangidos pelos sindicatos da Fiequimetal. Os participantes no encontro nacional apelaram à luta contra o «corte geracional» que o patronato pretende impor em salários, direitos e condições de trabalho.
14.10.2019

 

O encontro nacional decorreu no dia 10, na Casa Sindical do Porto.

As suas conclusões estão sintetizadas na resolução «Emprego de Qualidade, Estável, Salários e Direitos, Efectivar a Igualdade», na Carta reivindicativa dos jovens trabalhadores dos sectores da Fiequimetal «Emprego Estável, Salários e Direitos para os Jovens» e na Carta reivindicativa dos trabalhadores dos sectores de actividade da Fiequimetal «Efectivar a Igualdade - Emprego de Qualidade».

Os participantes no encontro nacional analisaram a situação nacional nos sectores da indústria transformadora, da energia e das actividades do ambiente, o emprego e a situação social e laboral dos jovens e das mulheres.


Ver também
- Resolução «Emprego de Qualidade, Estável, Salários e Direitos, Efectivar a Igualdade»
- Carta reivindicativa dos jovens trabalhadores dos sectores da Fiequimetal «Emprego Estável, Salários e Direitos para os Jovens»
- Carta reivindicativa dos trabalhadores dos sectores de actividade da Fiequimetal «Efectivar a Igualdade - Emprego de Qualidade»