20170315Navigator-FigFoz-arquivoA administração do Grupo The Navigator Company apresentou finalmente uma proposta que constitui um primeiro patamar para a discussão sobre reenquadramento salarial e revisão do plano de carreiras, efeito da luta dos trabalhadores em defesa das suas reivindicações nestas matérias.
5.12.2019

 

Num comunicado em distribuição nos locais de trabalho, a Fiequimetal informa que, face à grandiosa luta desenvolvida, a qual teve  o seu auge na greve de 13 a 16 de Novembro, e tendo em conta os plenários de trabalhadores que iriam fazer o ponto de situação e decidir as formas e contornos da continuação da luta, a administração viu-se forçada a apresentar uma proposta, que não foi objecto de acordo, mas cujo conteúdo foi considerado como um avanço positivo e um primeiro patamar para a discussão futura.

A proposta patronal foi feita nos seguintes termos:

1 - Aplicação, já em 2019, de uma cláusula anti-estagnação, mediante o pagamento em Dezembro, com retroativos a Janeiro, de um incremento equivalente a 2% da remuneração-base a todos os 695 trabalhadores elegíveis (que não tenham sido promovidos ou progredidos desde 2015, inclusive), abrangendo assim a totalidade do efectivo;

2 - Acordo de aplicação, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2020, dos grupos salariais com escalões e dentro destes com valores discretos de remuneração;

3 - Compromisso da empresa em continuar a aplicar, em 2020 e nos anos seguintes, o processo especial de progressão, vulgo reenquadramento, face ao exercício efectivo dos postos de trabalho verificado em 31 de Dezembro do ano precedente, sendo que o acordo em Outubro último abrangeu 518 trabalhadores.

Nos plenários já realizados nas empresas do grupo (com excepção da ATF), os trabalhadores não se opuseram a estas medidas, considerando, no entanto, que a questão das carreiras profissionais tem de ser resolvida a breve trecho, fixando o final do mês de Fevereiro para que a discussão esteja concluída.

Sobre este tema, está marcada uma reunião entre a empresa e os representantes dos trabalhadores, para a próxima sexta-feira, dia 6.

Nas reuniões a realizar sobre o Plano de Carreiras Profissionais, a Fiequimetal e os seus sindicatos apresentar-se-ão na expectativa de que a administração do grupo apresente propostas passíveis de resolver o conflito.

A enorme disponibilidade para a luta, manifestada pelos trabalhadores nos plenários, impõe soluções que venham ao encontro das reivindicações.

A federação sublinha que é preciso e é urgente valorizar as experiências adquiridas pelos trabalhadores, tanto nos seus habituais postos de trabalho, como no exercício de outras funções, que devem ser reconhecidas e ser objecto de promoção e progressão salarial.

 

Ver também
- Comunicado aos trabalhadores do Grupo The Navigator Company
- Administração da Navigator deve responder positivo (19.11.2019)