20200514Direitos 1Maio Lisboa Para responder aos ataques patronais, agora a pretexto da crise sanitária, na Tyco e na Kemet, em Évora, na Visteon, em Palmela, e na Delphi, no Seixal, o SIESI reforça o apelo à unidade, ao aumento do número de associados do sindicato e à eleição de representantes dos trabalhadores.
17.5.2020

 

Na Visteon - que tenciona manter o lay-off «simplificado» para lá do dia 22 de Maio -, a Comissão Sindical do SIESI insistiu, na última reunião com os Recursos Humanos, que a empresa tem condições para pagar a totalidade dos salários.
Tal como os accionistas terão os seus «bónus globais», os trabalhadore têm direito a aumentos salariais, pelo que não deve ser protelada a negociação do caderno reivindicativo.
É exigida resposta para problemas como o muito demorado percurso especial dos autocarros da empresa, a desactivação dos bebedouros e a marcação de férias.

A Delphi foi questionada pelo SIESI sobre duas questões, exigindo soluções imediatas: os bebedouros foram desligados e apenas é distribuída uma máscara para todo o período de trabalho.

Na Kemet, confirmada com uma recente vitória (reforço das medidas sanitárias) a força dos trabalhadores unidos e organizados, o SIESI salienta a necessidade de eleger representantes para a Segurança e Saúde no Trabalho e também delegados sindicais.

A Tyco anunciou que vai encerrar a fábrica Automotive entre 7 e 15 de Junho e pretende impor aos trabalhadores o gozo de férias nesse período. O SIESI recusa esta atitude e salienta que as férias são um direito dos trabalhadores e não devem servir para acudir às necessidades das empresas.
Os motivos do encerramento são da inteira responsabilidade da Tyco e esta tem todas as condições para assegurar que aqueles dias não sejam contados como férias, salienta o sindicato.
Perante vagas de contratação e despedimento de trabalhadores com vínculos precários, o SIESI reafirma que a cada posto de trabalho permanente deve corresponder um vínculo efectivo.

 

Ver também
- Comunicado aos trabalhadores da Visteon
- Comunicado aos trabalhadores da Delphi
- Comunicado aos trabalhadores da Kemet
- Comunicado aos trabalhadores da Tyco
- Mais sócios nos sindicatos, mais força aos trabalhadores (8.5.2020)