20200701EquipasTET arquivoApós quase três anos de negociação, retomada depois de concluído o recente acordo salarial, ficou ontem finalmente concluída a alteração do protocolo de atribuição do subsídio TET (trabalhos em tensão) na EDP, que tinha sido negociado exactamente há 15 anos, em 1 de Julho de 2005.
2.7.2020

 


O resultado foi comunicado pela Fiequimetal aos trabalhadores das empresas do Grupo EDP, numa informação divulgada no final da reunião plenária de negociações.

Este novo acordo permite estender o subsídio a todos os trabalhadores que integram as equipas TET, deixando a partir de agora de existir discriminação que a empresa foi praticando, inaceitavelmente, entre estes trabalhadores.

A Fiequimetal congratula-se com o trabalho persistente levado a cabo, sem nunca desistir do objectivo fundamental, que veio agora permitir o aumento do valor do subsídio, para 1260 euros anuais, pago em duas vezes (em Julho e Janeiro), tal como já acontecia. Fechada a negociação, é possível garantir que todos os trabalhadores recebam parte deste subsídio já com o salário de Julho.

 

Outras matérias

A Fiequimetal e os seus sindicatos continuam a afirmar que é necessário revisitar o enquadramento funcional destes trabalhadores, para valorizar esta função, altamente qualificada e especializada, mas mal enquadrada em termos de nível.

Para continuar as negociações sobre matérias em aberto, ficou acordada nova reunião plenária para 9 de Setembro, sendo o próximo tema o subsídio de estudo aos descendentes dos trabalhadores.

Até lá decorrerão reuniões bilaterais para preparação das propostas.


Ver também
- Informação N.º 3, de 1 de Julho
- Atrasos patronais nas negociações na EDP (30.6.2020)