20180607EDP arquivoÉ necessário esclarecer qual o impacto nos trabalhadores, destaca a Fiequimetal, num comunicado sobre as noticiadas suspensões dos titulares dos cargos de presidente do CA, António Mexia, e presidente da EDP Renováveis, João Manso Neto. Uma reunião está marcada para dia 15.
8.7.2020

 


A Fiequimetal requereu à administração da EDP, na pessoa do CEO interino, Dr. Miguel Stilwell, uma reunião com carácter de urgência para debater o impacto que estas suspensões possam ter na vida da empresa e nos seus trabalhadores. Esta reunião está agendada para o próximo dia 15, quarta-feira.

Não se pretende falar daquilo que só à Justiça diz respeito, mas sim averiguar em que medida esta situação pode afectar os trabalhadores e os seus direitos.

A federação vai aguardar que a reunião se realize e dos seus resultados dará conta aos trabalhadores.


Ver também
- Comunicado aos trabalhadores das empresas do Grupo EDP
- Caso EDP. Cinco perguntas e respostas sobre a saída de Mexia (e não só (Lusa, em Notícias ao Minuto, 7.7.2020)