20210922GuineBissauA CGTP-IN divulgou um texto de solidariedade com os trabalhadores e o povo da Guiné-Bissau, em luta há vários meses, subscrito por oito centrais sindicais de países de língua oficial portuguesa.
24.9.2021

 

O texto partiu de uma iniciativa da CGTP-IN, junto das confederações congéneres.



Solidariedade com os trabalhadores e o povo da Guiné-Bissau

As organizações sindicais subscritoras

- Repudiam e condenam a acção repressiva das autoridades da Guiné-Bissau contra o livre exercício do direito de manifestação e protesto, bem como as prisões, perseguições e despedimentos de trabalhadores, dirigentes sindicais, patriotas e democratas guineenses;

- Repudiam e condenam o ataque à sede da União Nacional de Trabalhadores da Guiné-Bissau (UNTG) e a destruição causada nas suas instalações e equipamentos;

- Denunciam e condenam o cerceamento crescente da liberdade, a violação de direitos fundamentais e o clima de ameaça e amedrontamento de todos quantos não abdicam da defesa dos seus direitos e de uma vida melhor.

- Expressam a sua solidariedade aos trabalhadores e ao povo da Guiné-Bissau, perante a acelerada degradação das condições de vida e de trabalho no país: aumento do desemprego, diminuição dos salários e aumento do custo de vida, deterioração dos serviços de saúde, educação e protecção social, aumento de impostos e taxas, corrupção;

- Dirigem um apelo à unidade e à luta dos trabalhadores e do povo contra os sucessivos atentados contra a legalidade constitucional e a democracia, em defesa da paz, da independência e da soberania da Guiné-Bissau.


União Nacional dos Trabalhadores Angolanos – UNTA-CS (Angola)

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB (Brasil)

Central Única de Trabalhadores – CUT (Brasil)

União Nacional Trabalhadores de Cabo Verde – UNTC-CS (Cabo Verde)

Confederación Intersindical Galega - CIG (Galiza)

Organização dos Trabalhadores de Moçambique – OTM-CS (Moçambique)

Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional - CGTP-IN (Portugal)

Organização Nacional dos Trabalhadores de São Tome e Príncipe – Central Sindical – ONTSTP–CS (São Tomé e Príncipe )


Ver também
- PM da Guiné-Bissau pede a sindicatos para acabarem com greve (CM, 5.8.2021)
- Trabalhadores da Guiné-Bissau protestam, mas apenas em 400 metros (Lusa, na RTP, 28.7.2021)