20211129SITEsul-AlgarA greve na Algar, pelo aumento do salário para todos os trabalhadores, pela atribuição do subsídio de risco e pelo aumento do valor do trabalho suplementar, começou ontem, com elevada adesão dos trabalhadores, provocando a paragem de unidades de triagem e do Centro de Valorização Orgânica.
30.11.2021

 


No aterro e na recolha selectiva, a actividade limitou-se aos serviços mínimos, informou o SITE Sul.

A triagem parou em Portimão e Faro, tal como o CVO (São Brás Alportel). Permaneceram fechadas as instalações em Vila Bispo e Aljezur.

A luta nesta empresa do Grupo EGF (Mota-Engil) vai prosseguir até às 24 horas de hoje, dia 30.


Ver também
- ​Greve na recolha de recicláveis no Algarve por justiça salarial (SIC, 29.11.2021)
- Primeiro dia de greve dos trabalhadores dos resíduos do Algarve com "forte adesão" (Agência Lusa no Observador, 29.11.2021)
- Plenários na Algar confirmam dois dias de greve (25.11.2021)